Veja antecipa reeleição de Ratinho no 1º turno e Traiano vê reconhecimento de bom trabalho

Destaques Politica

A seção Radar da revista Veja informa sobre a primeira pesquisa eleitoral sobre a eleição no Paraná: “Instituto Radar: Ratinho Júnior pode ser reeleito no 1º turno”. Para o presidente da Assembleia, deputado Ademar Traiano, não se trata de uma surpresa. “Essa pesquisa é um reconhecimento do excelente trabalho que vem sendo realizado pelo nosso governador. Existe uma unanimidade nos meios políticos sobre a situação imbatível e esta pesquisa vem confirmar essa percepção geral”, disse Traiano.

O instituto Radar Inteligência, em pesquisa registrada no TSE, mostra que, se a eleição fosse hoje, o governador Carlos Massa Ratinho Junior (PSD) se reelegeria no primeiro turno com 50,1% dos votos. O levantamento mostra ainda o ex-governador Roberto Requião (sem partido), que tem se posicionado como candidato ao governo, com menos da metade das intenções de voto, 19,8%. Já César Silvestre Filho (PSDB), tem 3% e a soma dos outros candidatos atingiria 11,3%. Os brancos e nulos e os que não souberam responder somam 15,8%. Para Traiano o indicativo “de vitória no primeiro turno é muito claro e se trata de uma demonstração que o paranaense percebe e reconhece os bons resultados deste governo mesmo com toda a conjuntura desfavorável em função da pandemia”.

Para Traiano, outro “indicativo claro da reeleição do governador aparece na simulação de segundo turno feita pelo instituto. Nessa sondagem o governador aparece com 54,9% dos votos, contra apenas 22,2% de Roberto Requião. Se um segundo turno ocorresse Ratinho Junior e Cesar Silvestre Filho, a diferença seria ainda maior. O governador teria 60,00% dos votos contra 5,6% de Silvestre Filho”.

– A pesquisa foi contratada e realizada pela Radar Inteligência. Foram realizadas 1.350 entrevistas entre os dias 25/02 e 03/03. A margem de erro é de 2,7 pontos percentuais para mais ou para menos e o intervalo de confiança é de 95% e foi registrada na Justiça eleitoral com o número PR-02644/2022.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *