Luxemburgo vive roteiro similar a 98 no Corinthians com a missão de superar desgaste emocional

Destaques Esportes

Com dois empates e duas derrotas no comando do Corinthians, a pressão por resultados e desempenho vai aumentando sob Vanderlei Luxemburgo. O roteiro é similar a sua primeira passagem no clube, e o treinador tem a missão de sair vivo no primeiro duelo das oitavas de final da Copa do Brasil, contra o Atlético-MG, nesta quarta-feira (17), no Mineirão.

Em 1998, Luxa também sofreu para conquistar sua primeira vitória no comando do Timão. Ele perdeu seus quatro primeiros jogos oficiais, sendo derrotado por Botafogo, Vasco e duas vezes para o Palmeiras. A quebra do tabu veio na Copa do Brasil, quando sua equipe venceu o Itabaiana por 3 a 0.

Porém, a situação atual é ainda mais preocupante dado o estado anímico da equipe, que saiu atrás no placar nas últimas cinco partidas, e o retrospecto corintiano como visitante na temporada. São três derrotas consecutivas e mais de um mês sem vencer longe da Neo Química Arena.

Contudo, a última visita do Timão ao Mineirão serviu para interromper uma sequência incômoda da equipe. Antes de vencer o Atlético-MG por 2 a 1, de virada, no Brasileirão do ano passado, o time comandado por Vítor Pereira estava há seis jogos consecutivos sem vencer fora.

Convencer e jogar um futebol agradável está em segundo plano no momento. Acima de tudo, Luxemburgo precisa vencer a todo custo para ganhar um respiro e elevar a moral do elenco e torcida, pois ambos estão no limite psicológico com a crise vivida no Parque São Jorge.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *