Estado reforça frota da Polícia Civil do Paraná com mais 922 viaturas

Destaques Politica

O governador Carlos Massa Ratinho Junior entregou nesta segunda-feira (5) 922 viaturas para todas as unidades da Polícia Civil do Paraná, a maior aquisição da história do Estado.

Do total, 837 são locadas e 85 adquiridas com recurso do Governo do Estado, totalizando um investimento de R$ 11 milhões para a compra e de R$ 32 milhões anuais nas locações. Serão 146 municípios beneficiados.

A renovação da frota alcança todas as regiões do Estado e faz parte de um plano de modernização das polícias no Paraná, que em pouco mais de três anos receberam mais de R$ 2 bilhões em investimentos. Além de veículos, a estruturação inclui a construção de novas delegacias, novas armas, coletes e equipamentos para a corporação e a contratação de policiais.

Ratinho Junior ressaltou que todas as 161 comarcas do Paraná passaram a contar com delegados titulares, após a contratação, no ano passado, de mais de 400 servidores para o quadro da Polícia Civil. Além disso, o Estado acabou com um problema histórico, com o fim da custódia da população carcerária pela Polícia Civil, transferindo cerca de 12 mil pessoas que estavam encarceradas em delegacias.

“Quando assumi o governo, em 2019, a Polícia Civil tinha vários problemas, inclusive de estrutura. Nosso desafio foi tirar a corporação do fundo do poço e torná-la referência para o País”, afirmou Ratinho Junior. “E hoje estamos cumprindo mais uma etapa desse trabalho com a entrega dessas viaturas. Já fizemos uma boa contratação de delegados e agentes, estamos reestruturando as delegacias e adquirindo novos armamentos e equipamentos”, disse.

O governador ressaltou que a estruturação passa por todas as forças de segurança do Estado. “Com mais investimentos, estamos reestruturando a Polícia Civil, a Polícia Científica, a Polícia Penal e a Polícia Militar. Com esse conjunto, temos uma segurança pública de qualidade, que passou a ser referência para o Brasil”, salientou.

O delegado-geral da Polícia Civil, Sílvio Rochemback, explicou que está sendo feito um investimento constante para a melhorar a resolução de crimes. “O objetivo do Governo do Estado é ter as melhores polícias do País, e por isso está investindo fortemente na renovação da frota, na reposição permanente do efetivo e na construção de novas delegacias. Com equipamentos mais modernos e melhores condições de trabalho, quem ganha é a população”, afirmou.

“A Polícia Civil estava com uma frota sucateada, que agora está sendo totalmente renovada, com viaturas ostensivas e veladas que vão dar maior mobilidade aos policiais civis”, ressaltou o secretário estadual da Segurança Pública, Hudson Leôncio Teixeira.

LOCAÇÃO – O processo para aquisição e locação de veículos foi conduzido pela Secretaria de Estado da Administração e da Previdência, através do Departamento de Transporte Oficial. Os veículos próprios (inservíveis ou antieconômicos) que foram substituídos pelos locados serão leiloados e a receita obtida será revertida para a modernização da frota própria, necessária para as atividades estratégicas e essenciais das polícias.

A locação, destacou o delegado-geral, traz uma série de benefícios e mais agilidade no trabalho, com a substituição rápida dos veículos que vão para a manutenção, usados há mais de 30 meses ou que tenham rodado mais de 110 mil quilômetros; com frota reserva por conta da locadora, carros mais econômicos e menos poluentes. Além disso, as viaturas contam com rastreamento e identificação do condutor, otimizando a gestão e uso adequado com mais controle e transparência na utilização.

“A viatura locada nos dá mais agilidade. É a garantia de que se uma viatura estragar, terá uma reposição imediata para que os policiais não deixem de atender a população, além de reduzir significativamente o custo com manutenção”, explicou. “É uma nova dinâmica, fruto de uma gestão pública voltada para resultados”.

INVESTIMENTOS – A entrega dá sequência a uma série de investimentos nas forças de segurança do Estado. Em abril do ano passado, 98 novos veículos foram destinados às polícias Militar e Civil, totalizando um investimento de R$ 19,1 milhões, com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e do Ministério da Justiça e Segurança Pública. Os veículos foram adquiridos com o objetivo de reduzir o tempo de uso das viaturas de dez para cinco anos.

Em junho de 2022, as forças de segurança do Paraná ganharam um reforço importante na frota de viaturas. Com um investimento total de R$ 55,3 milhões, foram adquiridos 250 veículos, 88 motos e seis embarcações para a Secretaria da Segurança Pública (Sesp), substituindo a frota das polícias Civil, Militar e Científica, Corpo de Bombeiros e Departamento de Polícia Penal (Deppen).

PRESENÇAS – Participaram da entrega o vice-governador Darci Piana; os chefes da Casa Civil, João Carlos Ortega; e da Casa Militar, tenente-coronel Sérgio Vieira; o presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, Ademar Traiano; os secretários estaduais da Justiça, Santin Roveda; do Desenvolvimento Sustentável, Valdemar Bernardo Jorge; e do Turismo, Marcio Nunes; o diretor-geral da Polícia Científica, Luiz Rodrigo Grochoski; o delegado-geral adjunto da Polícia Civil, Riad Farhat; o corregedor-geral da Polícia Civil, Marcelo de Oliveira; o deputado federal Sargento Fahur; os deputados estaduais Hussein Bakri, Delegado Tito Barichello, Luiz Claudio Romanelli, Antônio Litro, Mara Lima, Thiago Bührer, Márcia Huçulak, Evandro Araújo, Tercílio Turini, Artagão Junior, Alexandre Curi, Batatinha, Gugu Bueno, Cloara Pinheiro, Luís Corti e Soldado Adriano José; prefeitos e membros da Polícia Civil do Paraná.

Fonte.: AEN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *